Beneficiários do Bolsa Família devem ter dados de saúde e educação atualizados até a última semana de junho

O lançamento dos dados no sistema nacional da1ª vigência de 2019 termina em 30 de junho.

Imagem Destaque Beneficiários do Bolsa Família devem ter dados de saúde e educação atualizados até a última semana de junho
Categoria: Assistência Social
Data da Publicação: 09/06/2019
Data do Acontecimento: 09/06/2019

Beneficiários do Bolsa Família devem ter dados de saúde e educação atualizados até a última semana de junho

O lançamento dos dados no sistema nacional da1ª vigência de 2019 termina em 30 de junho.

 

O Bolsa Família é um programa federal que nasceu para enfrentar o maior desafio da sociedade brasileira, que é o de combater a fome e a miséria, e promover a emancipação das famílias em situação de maior pobreza no país. 

Porém, todo usuário assume compromissos para que possa ser mantido o benefício. Esses compromissos são chamados condicionalidades que envolvem o usuário e o poder público nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social. De acordo com a legislação, o não cumprimento das condicionalidades prevê efeitos que vão desde advertências aos beneficiários até o bloqueio ou a suspensão do recebimento do benefício.

“Não é uma coisa solta. O Ministério da Saúde faz uso de um sistema específico e cada área tem que lançar os dados dos usuários duas vezes por ano. A 1ª vigência deste ano termina em 30 de junho”, informa a Secretária Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Genorci Maria Omizzolo.

Na educação é exigida uma frequência escolar de 85% para crianças e jovens de 6 a 15 anos. Gaurama tem excelentes oficinas junto ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) que são preparadas para a família toda e a participação é fundamental.

“Na área da Saúde, as famílias devem levar as crianças menores de 7 anos para tomar as vacinas, pesar, medir, avaliar o crescimento e o desenvolvimento é um dos principais compromissos dos beneficiários do programa. As gestantes e demais mulheres entre 14 e 44 anos, também devem manter o acompanhamento que é feito na Unidade Básica de Saúde (UBS)”, afirma Alíssia Barberini (foto), nutricionista e responsável pelo lançamento dos dados dos usuários, referentes à saúde, no sistema nacional.

Para manter os dados de saúde em dia, compareça na UBS, levando a caderneta de vacina, tanto da criança como da gestante e o cartão Bolsa Família.

Imagens: Assessoria de Comunicação
Texto: Assessoria de Comunicação

    Imagens da Notícia

  • Ver imagem