Grupo de vovós Conviver de Gaurama é sinônimo de qualidade de vida

Formado por 65 integrantes, grupo se reúne todas as quartas-feiras no Centro de Convivência.

Imagem Destaque Grupo de vovós Conviver de Gaurama é sinônimo de qualidade de vida
Categoria: Assistência Social
Data da Publicação: 18/11/2019
Data do Acontecimento: 18/11/2019

O Governo Municipal de Gaurama, através da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação, mantém projetos importantes voltados à Melhor Idade. São dois grupos de vovós: o Renascer, que se reúne na sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Conviver que mantém encontros no Centro de Convivência. Ambos fazem atividades todas as quartas-feiras a partir das 13h30.

O Grupo Conviver é o mais antigo do município e possui 65 integrantes. Para participar, basta ter no mínimo 60 anos de idade. Leonilda Puton é uma das integrantes mais experientes do Grupo. Irá completar 90 anos em janeiro. “Já fui presidente por muitos anos. Lembro-me das viagens, dos passeios. Gosto de estar aqui. Não consigo mais ficar em casa nas quartas-feiras. Esse encontro me faz muito bem”, diz.

Mitilde Anália Parmegiani é atual presidente do grupo. Seu mandato encerra em dezembro, porém já disse que, se for da vontade das integrantes, ela se candidata à reeleição. “É muito bom estar aqui. A gente conversa, dança, se exercita, é muito bom. A gente faz artesanato que comercializamos para podermos fazer nossas viagens, almoçar fora e todo o grupo pega junto”, conta.

Há 20 anos participando, Elvira Romano conta que o grupo representa saúde e vida para ela. Já foi rainha por duas vezes, foi princesa regional da melhor idade e também já fez parte da diretoria. “Aqui encontro abrigo, acolhimento, aconchego e força para enfrentar o dia-a-dia. É um momento maravilhoso”, destaca.

Lucia Vieira é a atual rainha da melhor idade. Participa do Conviver há 15 anos e diz que passou a ter uma vida muito melhor a partir do momento que começou a participar das atividades.

No grupo, tem relatos de cura da depressão como é o caso de Lurdes Polina Muller. “Sempre trabalhei muito na minha vida até que descobri um câncer. Há 14 anos fiz cirurgia. Fui ao fundo do poço e a convite da psicóloga Marlene de Paula, passei a frequentar o Conviver e nunca mais parei, Nunca mais tive depressão e agradeço todo o apoio que o prefeito Leandro e o vice Elias nos dão. Cancelo tudo para estar aqui. O grupo é muito legal”, relata.

“Quando alguma integrante tem algum problema, o grupo todo de une para auxiliar naquele momento. A experiência e vivencia de cada uma é valorizada. Essas mulheres acompanham as evoluções da sociedade e são todas imponderadas”, afirma a coordenadora Beatriz Wrzensinski.

A secretária Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Genorci Maria Omizzolo destaca que as ações do Governo Municipal envolvendo a melhor idade tiram os idosos de sua rotina e os afastam do isolamento, proporcionando-lhes mais saúde e qualidade de vida. “O CRAS está sempre a disposição para oferecer informações e encaminhar as pessoas para as oficinas que oferecemos. Tudo está voltado à qualidade de vida, isso faz com que nossos idosos sejam valorizados e se sintam importantes em nossa sociedade”, finaliza.

Imagens: Assessoria de Comunicação
Texto: Assessoria de Comunicação

    Imagens da Notícia

  • Ver imagem